segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Fim, simples assim.

Olho para frente e não consigo ver além. Tenho certeza que minha visão não está conturbada por alguma neblina ou mesmo confusões psicológicas. Esse me parecer ser o fim da estrada. Sem mais curvas, retas ou placas difíceis de interpretar.
Nesses últimos dias eu tive muito tempo sozinho pra pensar no que eu realmente queria. Eu cheguei à conclusão de que não posso ter o que eu quero, pelo menos agora. Minhas transformações, ou tentativas de mudanças, não foram o suficiente para alcançar o que eu almejava. Mas eu estou orgulhoso de ter feito o possível para ir mais longe.
É assim que termina. Sem despedidas emocionais e sem chances para um retorno ou recaída. Eu estava com saudades de controlar a minha vida. Ser levado pelo vento ou conduzido por uma tempestade não é o que eu sou. Eu sou o senhor do meu destino e não serei flagelado em doses homeopáticas. E já que eu tenho que cair, é melhor que eu me jogue ao invés de ser empurrado.
Os sentimentos são assim, eles esfriam dentro dos outros, mesmo que estejam fervendo dentro de você. Sempre haverá pessoas em minha vida, mas eu não posso me tornar responsável por elas, isso seria peso demais.
Continuarei amando as coisas em minha estrada, mas não porque estou acostumado com a estrada e sim porque estou acostumado com o amor.

23 comentários:

  1. Senhor do seu destino , e senhor das palavras adorei seu texto.

    http://boemianay.blogspot.com/

    atualizado
    se possível siga meu blog e comente
    sucesso

    ResponderExcluir
  2. "É assim que termina. Sem despedidas emocionais e sem chances para um retorno ou recaída." muito bom texto adorei! :D

    ResponderExcluir
  3. Adorei o texto...
    Realmente é assim... os sentimentos esfriam, e quando isso acontece, ou você tenta de alguma maneira, voltar a ser como antes... ou tenta esquentar os sentimentos de outra pessoa... ou simplesmente aceita o fim ;/

    ResponderExcluir
  4. "E já que eu tenho que cair, é melhor que eu me jogue ao invés de ser empurrado."

    Nossa, gostei muito desse texto e vou te seguir pra continuar te acompanhando. Ósculos.

    http://desordemedesinteresse.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Os finais podem ser supreendentes, mas quando se quer despedir seja do que for é o melhor a fazer...

    Bela reflexão que você fez.Gostei mesmo!
    Te seguindo.

    Boa Tarde!

    ResponderExcluir
  6. Te dei um selo de qualidade, confira: http://daanizete.blogspot.com/2010/12/selo-de-qualidade.html

    ResponderExcluir
  7. e um beijo de despedida...
    Que lindo texto...Parabéns

    ResponderExcluir
  8. O final foi para acabar de lindo!
    Maravilha de texto e de sentimento!
    Suave nas palavras, intenso no sentir!

    ;D

    ResponderExcluir
  9. Amar o que te vem e não o que você quer.

    Abraço! ;)

    http://anpulheta.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. meu que lindo.. adorei mesmo :D
    você escreve bem.. e quando li achei q lia um shakeaspere .. mt bom mesmo :D
    bejokas

    ResponderExcluir
  11. Muito bonito isso, cara... me remeteu até a alguns relacionamentos passados que vivi também, rs.

    Vc sabe utilizar muito bem as palavras e nos "prende" com elas! Muito bom mesmo!!! Parabéns!

    Estarei por aqui mais vezes.

    Abraços,
    www.vemaquinomeublog.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. triste mas belo , faz refletir sobre algo que você sabe que nao é mais o mesmo , mas insiste em manter ele, mas sou otimista e podemos fazer qualquer coisa que queremos! basta querer!
    http://medicinepractises.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. ter uma visão limitada da vida deve ser a pior coisa desse mundo. boa reflexão!

    ResponderExcluir
  14. "É assim que termina. Sem despedidas emocionais e sem chances para um retorno ou recaída.

    Gostei muito dessa parte, mas o resto muito bom cara.

    ResponderExcluir
  15. Amigo, puxa vida... Gostei muito do seu blog, esse desenho do cara algemado a dúvidas é demais! Foi vc quem fez? E o seu texto é muito bom, realmente essas dúvidas emocionais existem mesmo, mas o importante é amar!

    Obrigado pelo comentário tão carinhoso lá no meu blog! Vou seguir aqui!

    ResponderExcluir
  16. Terminar sem despedidas é triste

    http://curiosomundodorock.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  17. ''Continuarei amando as coisas em minha estrada, mas não porque estou acostumado com a estrada e sim porque estou acostumado com o amor.'' Bom texto, vamos vivendo da melhor maneira possivel..

    http://rayrapha.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  18. Dizer adeus doi, recomeçar é preciso!

    ResponderExcluir
  19. Um texto melancólico, mas altamente atraente de se ler. Sentimentos misturam-se todo tempo, principalmente o amor.

    ResponderExcluir